Marketing em Tempos de Crise

19 01 2010

Seminário “Marketing em tempos de crise”, com o Dr. Luís Marques em Dezembro. Mudam-se os tempos, mantém-se a crise… e “Marketing” transforma-se numa arte mística de vender mais e melhor.

Noutros tempos e perante a crise, as empresas colocavam no topo da redução de custos, o corte radical do custo do departamento de marketing e das suas actividades. Actualmente mantém-se o objectivo de reduzir custos de forma consistente e sustentada mas as acções de marketing são vistas como um investimento com retorno de grande potencial.

A redução dos preços de venda tem limites cada vez mais apertados e por isso as empresas canalizam não só essa redução para os bens essenciais, mas fundamentalmente em direcção a um patamar de clientes mais desfavorecidos face à crise económica. Todos os membros que compõem as organizações são cuidadosamente treinados no sentido de se focarem no cliente como o centro das atenções, na tentativa de perceber melhor o seu novo perfil de consumo e na forma de manipular a sua capacidade de compra, agora mais reduzida na sequência da crise.

O planeamento de promoções, vales de desconto e cartões de fidelização premiada, são fundamentais perante a forte necessidade de manter os clientes confiantes em relação ao serviço, ao produto e à qualidade destes. A criação de slogans e imagens associadas ao produto, à marca e à empresa são o apelo pragmático ao desenvolvimento de uma relação de notoriedade no mercado e um investimento com retorno assegurado pelo reconhecimento do cliente.

Se Marketing faz tudo isto em tempos de crise… o que fez de nós e por nós antes da crise?

Américo José da Silva Pinheiro
Aluno de Licenciatura


Ações

Information

One response

27 10 2010
Victor Ferreira

Se relacionarmos a palavra crise com a actualidade semiótica, facilmente concluimos que é uma das palavras mais utilizadas em 2010. Não apenas porque estamos a atravessar uma das maiores e mais perigosas crises financeiras de que há memória, mas também porque – na minha opinião – existe uma crise de valores associada que se transporta para os negócios.
O Marketing é fundamental para as empresas que pretendam crescer em tempo de crise. Mais do que fundamental, é imperioso que o tecido nacional português tenha a percepção de que qualquer plano de negócios que pretendam desenvolver, deve assentar sobre alguns pilares fundamentais, entre os quais o marketing. E existirá melhor definição para marketindo do que fazer mercado?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: